"Boa parte da nossa vida está composta de pequenos encontros com pessoas que vemos no elevador, na fila do ônibus, na sala de espera do médico, no meio do trânsito da cidade grande ou na única farmácia da cidadezinha onde vivemos... e ainda que sejam momentos esporádicos e fugazes, são muitos por dia e incontáveis ao longo de uma vida. Para um cristão, são importantes, porque são ocasiões que Deus lhe dá para rezar por essas pessoas e mostrar-lhes o seu apreço, tal como deve suceder entre os que são filhos de um mesmo Pai. Fazemos isso normalmente através desses pormenores de educação e de cortesia que temos habitualmente com qualquer pessoa, e que se transformam facilmente em veículos da virtude sobrenatural da caridade." Fernández-Carvajal, Coleção Falar com Deus" volume 3,Tempo Comum(1) Semanas I a XII, pag. 33. "

17 Atitudes de Boas Maneiras Reveladoras de Bom Caráter


  1. Sorria e seja sempre amável com todos.
  2. Dê SEMPRE esmolas e gorjetas.
  3. Se lhe fizeram um favor agradeça. Não só com palavras, mas também com gestos. Por exemplo, se lhe ensinaram alguma coisa e depois foram conversar tomando um cafezinho aproveite para pagar o café.
  4. Não seja miserável. Tenha sempre crédito e não débito. Pague de vez em quando o almoço dos colegas de trabalho, leve sua tia solteirona para fazer compras, dê presentes em todas as datas comemorativas, no Natal não se esqueça de presentear o pároco, o porteiro, o entregador do jornal e das compras, etc.
  5. Retribua convites, gentilezas, e-mails, e  atenções recebidas. Na vida presencial e nas redes sociais. Compartilhe o artigo dos outros, comente fotos, faça bons votos. A gentileza sempre tem que ter sentido, estar ligada ao coração e portanto não fazem o menor sentido aqueles cumprimentos automáticos do Linkedin por anos de trabalho para pessoas que na verdade nem conhecemos. E muito menos sentido faz a histeria de likes buscando a si mesmo e ou os comentários raivosos. Os "haters" e propagadores de denúncias ideológicas são das pessoas mais desagradáveis da Rede. Prefira relações autênticas.
  6. Evite a todo custo ser pesado, dar prejuízo ou incomodar os outros. Mas tenha a grandeza de não se incomodar tanto com um eventual prejuízo, com uma descortesia ou esquecimento. Prefira sempre desculpar a ofensa acreditado que a pessoa estava distraída, cansada ou preocupado e por isso não 
  7. Trate muito a todos muito bem, mas trate especialmente bem os mais frágeis que você. Tenha especial atenção com os idosos. Se um idoso quiser conversar, no supermercado por exemplo, não se negue a alguns minutos de prosa. Às vezes, naquele dia, aquele será o único contato humano que ele terá.
  8. Se seu filho ficou na casa dos amigos, dê dinheiro a ele para despesas para não encostar as despesas do seu filho no seu amigo. E dê dinheiro para que seu filho ofereça eventualmente uma delicadeza ao seu anfitrião como uma entrada ou sorvete ao amigo que o hospeda.
  9. Seja generoso nas atividades benemerentes, na sua atividade paroquial e na caridade. Muitas vezes não é questão de dinheiro, mas de dar tempo, atenção, enfim de doar-se e não apenas de dar.
  10. Não leve a ponto de faca o que não for fundamental. Esse falar sempre denunciando, ou esses compartilhamentos que dissiminam raivas ideológicas ou preconceitos e esse prazer de contradizer só para ter razão é o que há de mais mal educado na vida em sociedade.
  11. Como premissa básica do seu comportamento pessoal valorize tudo que existe porque tudo contém o ser. Prestigie o que puder e coopere sempre. É falta de boas maneiras esse criticar tudo, apontar defeitos, anunciar falhas. Nunca será um bom funcionário aquele que não coopera com os colegas e com o chefe. A obediência aos horários, orientações da empresa e indicações do chefe são a primeira e melhor forma de ser cooperativo. 
  12. Não deixe de reclamar e participar ativamente para mudar o que está errado, mas educadamente, mesmo que levando às últimas instâncias, mas sempre pelos canais competentes e não pelo atendente da loja que pouco ou nada pode fazer.
  13. Vivemos num país miserável onde há pessoas que catam do lixo para sobreviver. Tenha uma atitude consciente. A sua inserção, na vida em sociedade, pode contribuir para minorar os problemas. Por isso tenha qualidade real: no seu trabalho profissional, no serviço de casa e atuação em família e como ser humano. Sua passagem pela terra deve fazer a diferença, esta deve ser a sua meta e não apenas ter comodidades materiais como sugere insistentemente nossa sociedade de consumo. Sempre que puder ensine, coopere, participe, ajude.
  14. Não roube, não adule, não fraude, não tire os créditos. 
  15. Não finja que ensina ou que aprende, não finja que ama, que se importa, que sabe, não queira ser o que não é, não participe de “espertezas”, não minta, não se engane, não lese ninguém, não se aproprie de ABSOLUTAMENTE NADA. Não se valha do seu conhecimento, experiência, dinheiro, influência, poder para tirar vantagem sexual, financeira, moral ou explorar um trabalhador.
  16. Não fale mal dos outros nem incentive humores baixo astrais, pessimismo, promiscuidade, pornografia seja ela “leve” como as que se vêem nas novelas.
  17. Ame. Nesta vida só o amor deita raízes. 
Obrigado por compartilhar esta postagem.